Desmatamento

Desmatamento na Amazônia em junho de 2021

Enquanto os índices de desmatamento na Amazônia seguem preocupantes em junho, novo estudo mostra os impactos do desmatamento na região

Amazônia perde 3.610 km2 de floresta no primeiro semestre de 2021

Em junho de 2021 o desmatamento na Amazônia, identificado pelo sistema de monitoramento Deter/Inpe, totalizou 1.062 km2. A área desmatada no mês teve uma queda expressiva com relação a maio, porém apresentou valor acima da média para junho, que é apontado pelos especialistas como um mês com altos registros históricos.

Quando observamos os registros para todo o primeiro semestre de 2021 a alta no desmatamento fica ainda mais evidente. Foram 3.610 km2 de floresta perdidos de janeiro a junho, área mais de 50% maior que a média para o período.

Enquanto os números dão a dimensão do desmatamento na Amazônia e nos ajudam a acompanhar a dinâmica na região, os impactos da perda florestal têm ficado cada vez mais evidentes. Um estudo coordenado pela pesquisadora Luciana Gatti, do INPE, publicado esta semana na revista científica Nature mostrou que na região leste da Amazônia, onde se concentrou a maior parte do desmatamento ao longo dos anos, observou-se uma estação seca mais longa, quente e intensa. Nesta região foram registradas emissões de carbono até dez vezes maior do que na região oeste, porção mais preservada da Amazônia. Esta maior emissão se deve tanto ao aumento de fogo quanto por uma menor absorção de CO2 pela floresta.

Os cinco municípios com maior área desmatada no mês

Os municípios que mais desmataram no mês foram Altamira, São Felix do Xingu no Pará, Porto Velho, no norte de Rondônia e Lábrea e Humaitá no sul do Amazonas. Das cinco cidades que mais desmataram este mês apenas Humaitá aparece pela primeira vez no ranking. Conheça mais sobre estes municípios.

Disclaimer

Essas análises foram embasadas no Deter, o sistema de monitoramento e alerta de desmatamento e outras alterações da cobertura florestal na Amazônia, desenvolvido pelo Inpe para dar suporte à fiscalização, através do repasse diário dos dados mapeados para o Ibama e outros órgãos competentes. Esse sistema monitora vegetação com fisionomia florestal dentro da Amazônia Legal Brasileira, excluindo áreas previamente desmatadas. Portanto, não são contabilizadas as áreas que passaram por desmatamento no passado, estavam em processo de regeneração florestal e foram novamente desmatadas.

A identificação de alterações da cobertura florestal é feita por interpretação visual de especialistas, com área mínima próxima a 3 hectares. Para o público geral são disponibilizadas as áreas superiores a 6.25 hectares através do site: http://terrabrasilis.dpi.inpe.br/. A metodologia e as estatísticas de validação do Deter publicadas em artigo científico está disponível em:
https://doi.org/10.1109/JSTARS.2015.2437075.

Embora o Inpe enfatize que a finalidade do Deter seja a expedição de alertas para suportar a fiscalização e que os números oficiais do desmatamento na Amazônia Legal Brasileira sejam fornecidos anualmente pelo Sistema Prodes, a divulgação do Deter tem permitido que a sociedade acompanhe mais de perto a dinâmica do desmatamento na região.

Veja mais sobre o assunto

Desmatamento na Amazônia em dezembro de 2021

Desmatamento na Amazônia em dezembro ficou abaixo da média para o mês

Desmatamento na Amazônia em novembro de 2021

Desmatamento na Amazônia em novembro fica abaixo da média para o mês. Porém, das cinco ci...

Desmatamento na Amazônia em outubro de 2021

Os dados de outubro reforçam a necessidade de conter o avanço do desmatamento para que o Br...

Desmatamento na Amazônia em setembro de 2021

Em setembro, destruição da floresta somou 985 km2. A estabilidade do desmatament...

Desmatamento na Amazônia em agosto de 2021

O desmatamento de agosto apresentou uma queda expressiva em relação a julho. No entanto, o...

Desmatamento na Amazônia em julho de 2021

Novas ferramentas podem auxiliar no combate ao desmatamento. Esta é uma boa notícia, em um ...

Desmatamento na Amazônia em maio de 2021

O desmatamento na Amazônia, identificado pelo sistema de monitoramento Deter/Inpe, totalizou...

Desmatamento na Amazônia em abril de 2021

O maior desmatamento registrado para o mês de abril desde 2016 nos coloca novamente frente a...

Desmatamento na Amazônia em março de 2021

Conheça mais sobre Novo Progresso, Lábrea, Altamira, São Felix do Xingu e Itaituba, os cin...

Desmatamento na Amazônia em fevereiro de 2021

Embora este valor seja 30% inferior ao registrado em fevereiro de 2020, ele representa uma al...

Desmatamento na Amazônia em janeiro de 2021

Em janeiro de 2021 o desmatamento identificado pelo sistema de monitoramento Deter/Inpe total...

VEJA MAIS DA EXAME

  • LINKS